Ashrama Dharma

A tradição da Índia é muito prática e tem como princípio que teu mestre é quem está te ensinando no momento e não quer dizer que ele será seu único mestre, mas que naquele momento é quem te ensina.

Existe na Índia, de acordo com a estrutura social e familiar, a lei dos quatro estágios da vida humana,Ashrama Dharma, e se prolonga mais ou menos em períodos de 25 anos cada um:

1- Brahmacari – (até os 25 anos) período em que o jovem é estudante. Com 8 anos, o menino e menina vão para o Guruka, ou seja, vaão ficar com a família por extensão, onde vai estudar os Vedas. O foco da vida é o estudo e a disciplina e desenvolve a capacidade física e  mental (através do Yoga).

2- Grhasta : o jovem se casa e tem a sua própria casa e forma sua família. Constrói e se firma na maturidade emocional e no relacionamento familiar, com sogro, sogra, filhos, pais. É um desafio, sofrimento, rompimneto. É a cultura afetiva se firmando.

3- Vanaprastha: – com a maturidade adquirida na fase anterior e agora já com netos, recolhe-se. Não precisa mais cuidar dos filhos. A prioridade é voltar-se aos estudos, à meditação, contemplação. Mais ou menos com a idade de 50 anos. A pessoa passsa a ter outras necessidades, voltando-se par ao interior. Desperta para sua vida.

4- Sannyasa: por fim se recolhe. Cada família mantém o estudo dos vedas. Mas a partir deste estágio da vida ( mais ou menos 75 anos ) a pessoa vai fazer seu estudo de forma pessoal mas agora em retiro. Pode recolher-se da casa da família ou não. Pode ir para a floresta ou ficar próximo à família, mas em um espaço só seu.

0 comentários

Deixe um comentário

Fique a vontade para deixar um comentário sobre este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *