hanuman-Ji1

Hanuman

Lord Hanuman, o famoso deus macaco do hinduísmo. É o deus Macaco, devoto de Sri Rama.

Hanuman é a manifestação da devoção, dedicação e força. Devotos fazem oferendas a Hanuman para remover os sofrimentos criados pelo deus Saturno para os humanos e também para realizar os seus desejos.

A epopéia do Ramayana contém as ações heróicas de Hanuman e histórias da sua devoção a Sri Rama, e a sua esposa Sita. Hanuman pula o oceano Índico e alcança o Sri Lanka à procura de Sita que foi seqüestrada por Ravana o rei dos demônios. Na batalha entre Sri Rama e Ravana na qual Ravana é morto, Hanuman faz o papel principal.
Há templos por toda parte na Índia e em outros países onde Hanuman é adorado. Ele era aventureiro, forte, sábio, esperto, educado, um músico, altamente religioso, corajoso, destemido e, acima de tudo, totalmente dedicado ao seu mestre Sri Rama.

Conforme o Ramayana, Hanuman era uma encarnação do poderoso deus Shiva, que havia se manifestado na Terra durante o período de Rama, uma das encarnações de Vishnu, para auxiliá-lo em suas tarefas.

Hanumam se manifestou como um vanara (símio humanóide) e ministro do rei dos vanaras, tendo sido um dos grandes heróis da epopéia.é adorado por milhões de pessoas na Índia.

O Ramayana informa que na verdade Hanuman era uma encarnação do poderoso Deus Shiva, que havia se manifestado na Terra durante o período de Rama, uma das encarnações de Vishnu, para auxiliá-lo em suas tarefas.
Hanumam se manifestou como um vanara (símio humanóide) e ministro do rei dos vanaras, tendo sido um dos grandes heróis da epopéia. Foi ele o responsável pela descoberta do cativeiro de Sita em Lanka, pelo incêndio da

Lord Hanuman, o famoso deus macaco do hinduísmo. É o deus Macaco, devoto de Sri Rama.

Hanuman é a manifestação da devoção, dedicação e força. Devotos fazem oferendas a Hanuman para remover os sofrimentos criados pelo deus Saturno para os humanos e também para realizar os seus desejos.

A epopéia do Ramayana contém as ações heróicas de Hanuman e histórias da sua devoção a Sri Rama, e a sua esposa Sita. Hanuman pula o oceano Índico e alcança o Sri Lanka à procura de Sita que foi seqüestrada por Ravana o rei dos demônios. Na batalha entre Sri Rama e Ravana na qual Ravana é morto, Hanuman faz o papel principal.
Há templos por toda parte na Índia e em outros países onde Hanuman é adorado. Ele era aventureiro, forte, sábio, esperto, educado, um músico, altamente religioso, corajoso, destemido e, acima de tudo, totalmente dedicado ao seu mestre Sri Rama.

Conforme o Ramayana, Hanuman era uma encarnação do poderoso deus Shiva, que havia se manifestado na Terra durante o período de Rama, uma das encarnações de Vishnu, para auxiliá-lo em suas tarefas.

Hanumam se manifestou como um vanara (símio humanóide) e ministro do rei dos vanaras, tendo sido um dos grandes heróis da epopéia.é adorado por milhões de pessoas na Índia.

Hanuman1p
O Ramayana informa que na verdade Hanuman era uma encarnação do poderoso Deus Shiva, que havia se manifestado na Terra durante o período de Rama, uma das encarnações de Vishnu, para auxiliá-lo em suas tarefas.
Hanumam se manifestou como um vanara (símio humanóide) e ministro do rei dos vanaras, tendo sido um dos grandes heróis da epopéia. Foi ele o responsável pela descoberta do cativeiro de Sita em Lanka, pelo incêndio da cidade e pela aniquilação de diversos importantes raxasas da tribo de Ravana.
O Ramayana não é o único texto da literatura védica que menciona Hanuman. Há também o “Hanuman Chalisa” e o “Mahabharata”.
De acordo com esses textos, Hanuman é o filho do Deus do vento (Vayu), e um avatar(encarnação) de Shiva, cuja tarefa é auxiliar o rei Ramachandra a derrotar o deus-demônio Ravana. Hanuman também é chamado de Anjaneya, em alusão à Vanari Anjana, que é sua mãe.
Quando o Rei macaco Sugriva é expulso do reino de Kishkind pelo seu irmão Vali, Hanuman ajuda Sugriva a se esconder e eventualmente derrotar Vali, com a ajuda de Rama e Lakshmana.
Em troca da ajuda dos dois príncipes Sugriva deveria ajudá-los a resgatar Sita Devi, então prisioneira de Ravana. Porém Sugriva esquece-se de sua promessa, mas Hanuman ajuda Lakshmana a convencê-lo a lutar ao lado de Rama.
Na guerra, Hanuman exibe poderes (sidhis), podendo voar e mudar de tamanho. No decorrer da batalha, Rama e Lakshmana são aprisionados por Ahiravana, um tio de Ravana. Para resgatá-los Hanuman enfrenta o Raxasa, o qual só pode ser derrotado se cinco fogueiras forem apagadas simultaneamente. Para conseguir isto, Hanuman assume uma forma de cinco cabeças:

hanuman-5

Sri Hanuman, a sua cabeça de macaco normal.
Sri Garuda, a cabeça de águia. Alusão à montaria de Vishnu.
Sri Varaha, a cabeça de javali. Representa a terceira encarnação de Vishnu.
Sri Narasimha, a cabeça de leão. Representa a quarta encarnação de Vishnu.

Sri Hayagriva, a cabeça de cavalo. Representa outro Avatar.

Outro momento importante da história é quando Lakshmana é ferido em combate. Para salvá-lo, Hanuman carrega a montanha “Dronagiri” até o campo de batalha, para que os macacos retirem dela as ervas necessárias para salvar Lakshmana.
12208479_897693933644803_6043457113398786239_n

Mesmo depois que Rama morre, Hanuman permanece na terra como um imortal. No “Mahabharata” ele aparece para desafiar Arjuna, e eventualmente Krishna obriga Hanuman a servir Arjuna na guerra.

Por isso Hanuman seria quem teriam ouvido o “Bhagavad-Gita” além de Arjuna (a outra é Salya). Para os Hindús, Rama e Krishna são o Deus Vishnu encarnado em diferentes épocas, por isso Hanuman representa o devoto (Bhakta) ideal. Simboliza também Tapas, (sacrifício), e Brahmacharya, (castidade).

Na comunidade hindú ele é cultuado como encarnação de Shiva, e reverenciado por sua devoção a Rama. Na astrologia Hindú é dito que a meditação sobre o nome ou a figura de Hanuman afasta os malefícios trazidos por Shani (Saturno).

hanuman rama

Ás Vezes ele pode ser visto abrindo o próprio peito para mostrar que Sita e Rama realmente residem em seu coração. Ele pode ser visto também carregando uma enorme montanha na qual existiam as ervas necessárias para salvar Lakshmana, o irmão do rei Rama, que tinha sido ferido em combate. As lendas dizem que Hanuman possuía vários poderes místicos tais como tornar-se gigantesco ou minúsculo e voar como o vento. Ele é o filho de Vayu – o deus do vento, o ar da respiração e um dos deuses principais dos planetas superiores.
Hanuman é o deus da casta dos Kshatryas (guerreiros e admiradores).
Representa muita força e coragem nas batalhas da vida.
Os indianos fazem pujas pra o Lord Hanuman para conseguir coisas dificies : emprego, boas promoções e solução de um problema, enfim batalhas que Lord Hanuman ajuda com coragem e sabedoria aos que os procuram.

0 comentários

Deixe um comentário

Fique a vontade para deixar um comentário sobre este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *